ANÁLISE SWOT, UMA FERRAMENTA DA GESTÃO ESTRATÉGICA. Por Paulo Leão

Muito se ouve falar sobre análise SWOT. Mas, afinal de contas, o que é isso?

Na verdade, não é nenhuma novidade. No Brasil, há quem tenha tropicalizado e a chame de Análise FOFA. Normalmente eu prefiro abrasileirar. Nesse caso, vou manter o nome original, mais forte, digamos assim.

A análise é uma etapa do planejamento. Em relação ao Planejamento Estratégico, utiliza-se a Análise Situacional: SWOT. Talvez essa seja a principal ferramenta do PE (Planejamento Estratégico) e do Plano de Negócios. Ao elaborar uma Análise SWOT eficiente, a organização automaticamente define sua Missão e Visão. Estas duas premissas têm importância fundamental no direcionamento e desenvolvimento organizacional. Estabelecer a Missão, Visão e ainda os Valores fortalece e dá sentido ao trabalho. Já expor esses pilares `as pessoas que se relacionam com a organização, dá transparência, confiança, fortalece e amadurece a relação.

Strenghts, Weaknessess, Opportunities, Threats. Essas são as palavras que dão nome `a Análise SWOT. Traduzindo: Fortalezas, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças (FOFA). Esse tipo de exame diferencia-se dos demais por considerar o ambiente onde a instituição está inserida. Assim, temos uma visão da situação e podemos projetar uma perspectiva, considerando quesitos internos, externos, positivos e negativos. Por essa razão, costuma-se ter como layout da análise SWOT quatro quadrantes.
  • Dois positivos: Fortalezas e Oportunidades
  • Dois negativos: Fraquezas e Ameaças
Ao mesmo tempo, os quatro quadrantes também ficam separados por ambiente:
  • Dois internos: Fortalezas e Fraquezas
  • Dois externos: Oportunidades e Ameaças
Chamamos de fatores internos aqueles de dentro da organização analisada, onde ela possa influenciar diretamente. Por exemplo: Ampla carteira de clientes (Fortaleza), Falta de capital de giro (Fraqueza). Fatores externos são aqueles relacionados ao ambiente da organização, porém, fora desta. Exemplo: Demanda crescente do mercado (Oportunidade), iminiência de aumento da carga tributária para o mercado em específico (Ameaça).

Feita a listagem dos itens em cada quadrante, fica fácil visualizar a perspectiva para aquela organização. Este conceito pode ser expandido. Assim, pode ajudar você também a tomar uma decisão, não só profissional, mas pessoal também, como por exemplo a análise de uma proposta para mudar de emprego. Basta para isso, considerar a situação como se fosse a empresa,

Se você quer mesmo levar a sério o planejamento empresarial, sugiro que pesquise a respeito de Plano Contingencial, enquanto não lançamos o Post sobre o assunto. Pode valer a pena, e, juntamente com a Análise SWOT, pode ajudar bastante a diminuir os riscos e as medidas emergenciais.

Fonte da imagem: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:SWOT_pt.svg

Sucesso!

Juntos somos mais!

Leão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Ouvidoria -

Postar um comentário